Siga a gente
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle
Buscar
  • Mães Reais

Menino ou menina? Descobrir o sexo do bebê ficou mais fácil!

Atualizado: 16 de Out de 2018



Quando surge a notícia da gravidez, logo vem a curiosidade sobre o sexo do bebê. Poder chamar o pequenino pelo nome ainda na barriga e escolher logo o enxoval é um prazer e um desejo para a maioria dos pais.


Mas o que acontece é que na maioria das vezes a mamãe e o papai têm que esperar até mais ou menos a 17ª semana da gestação para que na ultrassonografia seja revelado o sexo da criança. E ainda existem casos em que ela está com as perninhas fechadas, o que impossibilita a visão pelo exame.


Para os mais ansiosos, já existe o exame chamado Sexagem Fetal, que pode ser realizado a partir da oitava semana de gestação e tem quase 100% de chances de acertar o sexo do bebê.


A Mamãe Real Alessandra Abreu e sua família, na expectativa da descoberta do sexo do novo bebê.

Essa foi a opção da Mãe Real Alessandra Abreu. Grávida pela segunda vez, deixou a ansiedade falar mais alto e fez o exame de sexagem fetal na 10ª semana de gravidez. “Na minha primeira gravidez não fiz. Nem sei se já existia esse exame. Mesmo não sendo mãe de primeira viagem, fiquei muito ansiosa, assim como também toda minha família. Fizemos o chá de revelação e foi fantástica a expectativa. Tanto antes quanto depois. Descobrir que seria um menino junto à minha família e de pessoas muito importantes para mim foi sensacional. Sem contar que pude preparar o quartinho e o enxoval dele com mais antecedência”, relembra.


O exame não é invasivo. É feito pela amostra de sangue da mamãe e não precisa de jejum e nem de preparação alguma. Dela, retira-se mais ou menos 20 ml de sangue, onde se analisará o DNA do feto.


O cientista chinês Y. Dennis Lo descobriu que no plasma materno existe DNA fetal transferido pela placenta. Desta forma é permitida a análise: a mulher tem dois cromossomos sexuais X e o homem tem um X e um Y. Se for diagnosticado no exame um cromossomo Y, pode-se dizer que será um menino. Caso contrário, será uma menina.

O teste vale para ambos, no caso de gêmeos univitelinos. Por terem o mesmo DNA, os gêmeos idênticos terão o mesmo sexo. Em gêmeos fraternos, bivitelinos, o resultado positivo para “Y” significa que ao menos um dos gêmeos será menino. Se o resultado der ausência de cromossomo “Y” pode-se dizer que ambas são meninas.


E você? Também fez sexagem fetal? Conta pra gente como foi a experiência!




Por Roberta Lanza

40 visualizações
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now